Telhado Embutido ou Aparente? Vantagens e Desvantagens

Quando você decide construir uma casa, a escolha do tipo de telhado é uma etapa muito importante, já que será determinante no tempo de execução do projeto, uso de materiais, custos, entre outras coisas. Embora o uso do telhado aparente ainda seja muito mais comum, cada vez mais pessoas vêm optando pelo estilo embutido e aí surge a pergunta: Qual deles é melhor?

Preparamos algumas listinhas sobre as vantagens e desvantagens de ambos os modelos para te ajudar na hora de escolher. 🙂

Telhado Aparente

O telhado aparente é o tipo de telhado que deixa as telhas visíveis como um todo ou pelo menos em partes, é o mais tradicional e usado aqui no Brasil.

O tipo de telha a ser usada também é muito importante. Tem a de cerâmica (mais tradicional), a de fibrocimento, de PVC, de vidro, de concreto… Embora as telhas de cerâmica (ou barro) sejam ainda as mais utilizadas e possuam um conforto térmico razoável, elas quebram muito facilmente. O tipo de telha que está mais em alta e apresenta vantagens mais significativas à longo prazo é a de cimento. Embora seja um pouco mais cara, ela possui encaixe perfeito, resistência maior, alta impermeabilidade e conforto térmico, além de ser fabricada em diversas cores, que deixam sua casa muito mais harmoniosa.

O custo do projeto para se fazer um telhado aparente é maior, já que existe necessidade de madeiramento específico, além de demandar mais tempo dos profissionais, como carpinteiros, pedreiros e outros.

Telhado embutido

Então, resumidamente:

Vantagens

  • É mais tradicional
  • Existem telhas muito resistentes à chuva, ao tempo e ao peso
  • Há muitos modelos com custos bem acessíveis
  • Usando uma telha mais nobre é possível fazer um belo telhado com estética bem agradável e colorida
  • Você consegue manter um conforto térmico agradável no ambiente

Desvantagens

  • Demanda bastante tempo de execução
  • O custo final é mais alto, pois gasta muita madeira, demanda tempo e outros materiais
  • Requer o uso de calha no final da telha para evitar as famosas goteiras que poderão umedecer as paredes.
  • Pode ter incidência de goteiras por conta de telha quebrada ou em caso de chuva com ventos fortes, dependendo da telha escolhida

Telhado Embutido

Sabe aquela casa que muitas pessoas olham e falam que tem cara de “clínica médica”? Sim, esse é o telhado embutido! As telhas ficam escondidas e, assim, pode ser feito com materiais mais simples. Este tipo de telhado está mais alinhado ao processo moderno de construção e quando bem feito, permite um resultado estético diferenciado e muito sofisticado. Além disso, tem um custo de desenvolvimento menor em aspectos gerais, já que na maioria dos casos tende a usar pouca madeira, e o tempo para execução é bem menor.

Geralmente a telha utilizada para este modelo é a de fibrocimento, o que por outro lado, deixa o telhado muito mais frágil. É necessário ainda considerar que o ideal é usar por baixo delas a manta térmica, para evitar aquecimento nos dias de sol muito forte.

Resultado de imagem para telhado embutido

Então, resumidamente:

Vantagens

  • Pode ser feito um telhado mais simples, com o uso de telhas de fibrocimento, por exemplo
  • O custo do telhado em si é bem mais em conta
  • Usa bem menos madeira, isto no caso de telhas leves e grandes como as de fibrocimento
  • É mais leve, se usado com os materiais descritos acima
  • Demanda menos tempo de construção e tem manutenção mais fácil
  • É mais moderno e fica em sintonia com os atuais padrões arquitetônicos de construção

Desvantagens

  • Embora o custo do telhado em si seja mais barato, utiliza mais calhas e também necessita da construção de platibandas para esconder o telhado
  • Embora seja moderno, muitas pessoas não gostam deste estilo por conta da “casa ficar parecendo clínica”
  • O telhado geralmente fica baixo o que inviabiliza o acesso ao interior dele para manutenção elétrica e outros.
  • No caso de telhas de fibrocimento é necessário a colocação de uma manta térmica embaixo da telha, pois este tipo de telha aquece muito e pode transferir o calor para a laje e consequentemente para dentro do ambiente.

E aí, o que achou das nossas dicas? Ficou fácil escolher? Conta pra gente! 🙂